Escolha uma Página

Retrofit do seu apartamento: como fazer?

09/06/2020

Quando o assunto é reforma em apartamento, é comum que muitas pessoas fiquem assustadas, afinal, reformas muitas vezes remetem à quebradeira, sujeira e grandes gastos. No entanto, dentre as novas tendências de reforma e restauração, surge a opção de fazer um retrofit no apartamento!

Focando em trocar apenas o necessário e evitando gastar muito, o retrofit no apartamento vem sendo cada vez mais requisitado por sua praticidade e eficácia!

Na conversa de hoje, falaremos mais sobre o que é o retrofit no apartamento, qual sua diferença para uma reforma normal, quais tendências podem complementar o seu retrofit e muito mais!

O que é o retrofit no apartamento?

retrofit no apartamento

Surgido na Europa e posteriormente adotado nos Estados Unidos, o termo retrofit se refere ao reaproveitamento de um espaço por meio de renovações e atualizações, tudo modernizando e atualizando o local.

Seu objetivo é aproveitar o que há de bom na construção, adequando-a às exigências atuais e estendendo sua vida útil.

Ou seja, podemos dizer que o conceito envolve pôr algo antigo em forma, reaproveitando materiais e estruturas no momento de reformar um imóvel, agregando valor ao destacá-lo dos projetos convencionais e preservando sua história.

Qual a diferença entre um retrofit no apartamento e uma reforma comum?

retrofit no apartamento

Uma reforma comum tem como objetivo tão somente atualizar o imóvel esteticamente ou adaptá-lo às novas necessidades da família, tal como a chegada de um bebê ou trocar um revestimento já desgastado.

No caso do retrofit, o objetivo é atualizar, reformar e renovar esse ambiente ao mesmo tempo que mantém todos os traços da história da construção. Para tal, esse tipo de reforma faz um reaproveitamento dos elementos arquitetônicos do imóvel original, conferindo personalidade e identidade única.

Muitas obras de retrofit ocorrem por conta das antigas e inapropriadas instalações, seja a elétrica ou a hidráulica, dando espaço a tecnologias atuais e mais resistentes.

Há cuidados a ser tomados caso você deseje fazer um retrofit no apartamento, pois caso seja feito em residências muito antigas ou as mudanças sejam muito grandes, torna-se importante respeitar vigas e pilares de sustentação a fim de evitar acidentes. Para tal, é imprescindível que a construtora e o arquiteto trabalhem em conjunto, garantindo que tanto as partes criativas, estéticas e históricas quanto as funcionalidades do apartamento fiquem em harmonia. O arquiteto é peça-chave para especificar à construtora quais aspectos do imóvel possuem maior peso na conservação do estilo da época.

É necessário também preservar elementos antigos mais frágeis. Uma boa forma de fazê-lo é desmontando estes itens para não danificar as peças, além de uma triagem do que passará pelo reaproveitamento.

Além disso, é necessário avaliar quando vale ou não a pena fazer o retrofit no apartamento. Afinal, caso o imóvel se encontre em situação de deterioração avançada, que impossibilite sua conservação, restauração ou manutenção, não há outra solução a não ser optar por uma reforma convencional.

Isso também se aplica caso o imóvel exija uma grande quantia de alterações estruturais ou quando o processo de reparo das peças e elementos do local exija muitas intervenções de profissionais terceirizados, pois ambos os casos aumentam consideravelmente o custo da obra.

A reforma comum também se torna mais interessante se o imóvel não apresentar um valor histórico relevante que justifique o reaproveitamento, afinal, um dos objetivos do retrofit no apartamento é preservar parte da sua história!

O que pode ser feito ao conduzir um retrofit no apartamento?

retrofit no apartamento

No momento de fazer o retrofit, há algumas tendências muito interessantes que prometem resultados incríveis, tais como:

1 – Piso de madeira: se há um piso de madeira no seu apartamento, não o remova! Para evitar desperdícios, é mais interessante trabalhar junto a esse elemento. Uma raspagem pode remover a camada superficial da madeira e, com ela, os riscos e as pequenas irregularidades. Em seguida, é aplicada uma nova resina protetora do material, preservando a história do seu apartamento e dando a ele uma nova cara. O melhor é que esse processo custa menos que uma instalação nova!

Também é possível instalar esse tipo de piso em seu apartamento, deixando-o com um ar mais descolado, com cara de antigo, e também economizando com futuras reformas!

2 – Paredes: se você quer conferir um visual mais “obra de retrofit” ao seu lar, tijolos de demolição, ladrilho hidráulico, cimento queimado, concreto aparente, pastilhas e cerâmicas com ar retrô e cobogós são poderosas apostas, com os dois últimos tendo voltado com tudo nessa última temporada de design!

3 – Decoração: quando algum elemento não serve mais à sua função original, utilize a criatividade para dar a ele uma nova utilidade que irá manter a identidade do projeto! Por exemplo, uma janela de madeira pode ser utilizada como moldura de quadro ou TV! Um bom tratamento, renovação de pintura ou verniz transforma esses itens em elementos impactantes na decoração!

Quer comprar apartamento em São Paulo que se adapte às suas necessidades? Conheça a My Inc!

Somos uma incorporadora em São Paulo cujo objetivo é concretizar imóveis projetados para você! Para nós, localização, mobilidade, arquitetura, comodidade, qualidade e sofisticação são diferenciais primordiais que se aliam à nossa originalidade para trazer a melhor experiência para você e a sua família! Entre em contato conosco!

Os empreendimentos da My Inc são pensados especialmente para você, que deseja fazer a compra de imóvel em regiões privilegiadas de São Paulo e construir um futuro na maior metrópole do país!

Gostou de saber mais sobre retrofit para apartamento? Fique atento ao My Blog e siga nossas redes sociais no Facebook e no Instagram para não perder nenhuma novidade!

Posts Relacionados

iluminação para apartamento: como escolher?

iluminação para apartamento: como escolher?

Imagine que você está num ambiente bem iluminado: além da impressão mais positiva de um espaço bem decorado, traz também a sensação de espaço e conforto. Em contrapartida, um ambiente mal iluminado dá exatamente a sensação oposta. Por que a iluminação para apartamento...

ler mais
Quanto custa mobiliar um apartamento pequeno?

Quanto custa mobiliar um apartamento pequeno?

Um dos primeiros desejos de quem acaba de fazer a compra de imóvel é mobiliar o apartamento, embora geralmente haja certa dificuldade em saber por onde começar esse processo. Com o planejamento adequado, saber quanto custa mobiliar um apartamento pequeno fica muito...

ler mais
Abrir WhatsApp
Precisa de ajuda?
Olá 👋 Posso ajudar? Para saber sobre Empreendimentos em São Paulo 🏢 é só mandar mensagem 😉
Powered by